domingo, 17 de abril de 2016

Recalls no Brasil



Confira todos os recalls de veículos anunciados em 2016
Lista reúne recalls de motos, carros, triciclos e caminhões.
Do G1, em São Paulo



Confira todos os recalls de veículos anunciados em 2016:





CARROS E COMERCIAIS LEVES
(marca / versão / mês do chamado / parte afetada)

Audi Q5 e SQ5 (fevereiro): airbags
13 unidades. É a primeira notificação de problema em airbags laterais da Takata no Brasil. Falha é semelhante à que é ligada a 10 mortes no exterior. Leia mais.

Chevrolet Sonic (janeiro): bomba de combustível
1.156 unidades. Anel de vedação da bomba de combustível pode causar vazamento com risco de incêndio em caso de acidente. Leia mais

Citroën C3 (março): limpador de para-brisa
8.329 unidades. Falha na montagem do chicote elétrico causa mau funcionamento do limpador de para-brisa. Leia mais

Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso (abril): fechos dos cintos de segurança traseiros
187 unidades. A resistência dos fechos é insuficiente em caso de choque. Além disso, uma "não conformidade dos componentes das fechaduras das portas" pode fazer com que elas abram com o carro andando. Leia mais

Dodge Journey (março): airbags
7.970 unidades. 2ª fase do recall anunciado em dezembro de 2015 apresenta solução para problema de inflitração que desabilita ABS e controle de estabilidade. Leia mais

Fiat Freemont (março): ABS e ESC
10.307 unidades. Definida a data de início do atendimento por problema nos sistemas ABS e de estabilidade, anunciado em dezembro passado. Leia mais

Honda Fit e City (fevereiro): airbag
164.076 unidades. Mais um chamado para troca dos "airbags mortais" da fabricante japonesa Takata. Leia mais.

Jeep Cherokee (fevereiro): sistema elétrico
1.009 unidades. Depois de emitir alerta para proprietários em 2015, Jeep chama 2ª fase e amplia recall por falhas no limpador de para-brisa e no módulo do porta-malas. Leia mais

Jeep Compass (março): direção hidráulica
91 unidades. Uma falha na instalação da mangueira da direção hidráulica faz com que possa desprender e causar vazamento, com risco de incêndio. Leia mais

Mercedes-Benz Classe C (março): risco de incêndio
16 unidades. Falha na fixação do cabo da bateria pode causar princípio de fogo no capô. Leia mais

Mercedes-Benz Classe C e GLK (março): airbag
3.529 unidades. Corrosão afeta o airbag, que pode não ativar em caso de acidente, ou então abrir involuntariamente. Leia mais

Mitsubishi L200 Triton, Pajero e Pajero Dakar (março): capô
143.017 unidades. A alça de retenção da trava do capô poderá quebrar em seu ponto de fixação, provocando abertura com o carro em movimento. Leia mais

 Nissan Altima 2013 (Foto: Divulgação)

Nissan Altima (fevereiro): capô
1.152 unidades. Capô do motor abrir sozinho quando o carro estiver em movimento. Leia mais

Peugeot 208 e 2008 (março): limpador de para-brisa
30.227 unidades. Falha na montagem do chicote elétrico causa mau funcionamento do limpador de para-brisa. Leia mais
 
Porsche Cayenne (março): freios
2.671 unidades. A presilha do suporte do mancal dos pedais pode escapar, liberando o pedal de freio. Leia mais

Renault Sandero e Logan (janeiro): rótula axial
3.120 unidades. Componente que liga a caixa de direção e o cubo pode se romper, causando perda de dirigibilidade e possível acidente com lesões graves. Leia mais

Subaru Tribeca (março): capô
1.147 unidades. Capô pode abrir quando o carro estiver em movimento. O recall ocorre em 2 fases, primeiro com reparo provisório, depois com solução final. Leia mais

Toyota RAV4 (fevereiro): cinto de segurança
11.184 unidades. Depois de investigação nos Estados Unidos, Toyota confirma que a estrutura metálica do banco traseiro pode romper o cinto de segurança de 3 pontos em caso de impacto. Leia mais.

Volkswagen Jetta, Tiguan, Passat, CC e Eos (fevereiro): airbag
54.179 unidades. A segunda fase do recall anunciado em setembro de 2015 oferece solução definitiva para não abertura dos airbags. Leia mais

Volkswagen Jetta 2.0 TSI e Fusca (abril): sistema eletrônico
2.414 unidades. A segunda fase do recall anunciado em novembro de 2015 soluciona o risco de quebra do eixo comando de válvulas do motor. Leia mais

Volkswagen Tiguan (março): airbag
33 unidades. Junto com a do Audi Q5, é a primeira notificação de problema em airbags laterais da Takata no Brasil. Falha é semelhante à que é ligada a 10 mortes no exterior. Leia mais

Volkswagen Touareg (abril): freios
O SUV pode ter saído da fábrica sem o anel-trava do pedal do freio. Leia mais

MOTOS
BMW C 600 Sport e C 650 GT
(janeiro): freios
187 unidades. Atrito entre o tubo flexível do freio e a suspensão dianteira pode causar vazamento do fuído de freio. Com isso, o sistema de freios pode falhar. Leia mais

Honda VFR 1220F e VFR1200X (março): eixo cardã
489 unidades. A 1ª fase foi chamada em dezembro de 2015, agora ocorre a substituição gratuita do eixo cardã. Leia mais

Suzuki V-Strom 1000 (janeiro): moto pode desligar em movimento
799 unidades. Problemas no sistema elétrico podem provocar dificuldade na partida ou desligamento da moto em movimento. Leia mais

Suzuki DL1000, B-King, GSX-1300R, Bandit 650, Bandit 650s, GSX-650F, Bandit 1250, Bandit 1250S, GSX-R750, Boulevard M1500, Boulevard M1500R, Burgman 400 (fevereiro): retificador de voltagem
Motocicletas da Suzuki podem desligar sozinhas em movimento ou então apresentar dificuldade na partida. Leia mais