domingo, 6 de março de 2016

Carros elétricos



Futuro da indústria automotiva passa pelos veículos elétricos


 Pesquisa da Bloomberg New Energy Finance, divulgada nesta sexta-feira (26), destaca que haverá significativas reduções nos preços das baterias e que, durante a década de 2020, os veículos elétricos vão se tornar uma opção mais econômica do que os carros a gasolina ou a diesel na maioria dos países. O estudo prevê que as vendas de veículos elétricos alcançarão 41 milhões de unidades até 2040, representando 35% das vendas de novos carros de passeio.

Isso seria quase 90 vezes o valor equivalente para 2015, quando se estima que as vendas de veículos elétricos devem ter sido de 462 mil unidades, cerca de 60% superior a 2014. Esta mudança projetada terá implicações que irão além do mercado de automóveis. A pesquisa estima que o crescimento do mercado de veículos elétricos fará com que eles representem um quarto dos carros nas estradas até essa data, substituindo 13 milhões de barris por dia de petróleo bruto, mas utilizando 1,900 KWh de eletricidade. Isso seria equivalente a cerca de 8% da demanda global de eletricidade em 2015. Ou seja: vamos gastar menos combustível fóssil, mas temos um aumento do consumo de energia elétrica.

O mercado de veículos elétricos hoje é fortemente dependente dos “early adopters”, aqueles indivíduos dispostos a experimentar novas tecnologias ou reduzir as suas emissões, e de incentivos governamentais oferecidos em mercados como China, Holanda e Noruega. Embora cerca de 1,3 milhão de veículos elétricos tenham sido vendidos em todo o mundo e que tenha havido um forte crescimento em 2015, eles ainda representaram menos de 1% das vendas de veículos comerciais de passeio no ano passado.


Os veículos elétricos possuem duas categorias: veículos de bateria elétrica, ou BEVs (sigla em inglês), que dependem inteiramente de suas baterias para fornecer energia; e veículos elétricos híbridos plug-in, ou PHEVs (sigla em inglês), os quais têm baterias que podem ser recarregadas, mas com motores convencionais como suporte. O BEV mais vendido nos últimos seis anos tem sido o Nissan Leaf, e o PHEV mais vendido é o Chevrolet Volt.